sábado, 6 de novembro de 2010

Livro x Filme : As Crônicas de Nárnia Pt. 2

Oi! Estou de volta com o "Livro versus Filme" continuando a falar dos filmes baseados nos livros de As Crônicas de Nárnia. Dessa vez irei falar do Príncipe Caspian, o quinto livro da série.


O livro:


O livro começa com os irmãos Pevensie esperando o trem para voltarem para a escola quando, de repente, os mesmos voltam para Nárnia. Chegando lá descobrem que já se passaram mais de 100 anos e que agora é um lugar desabitado e em ruinas, e que os Telemarinos, um povo próximo  que invadiu e declarou guerra a Nárnia, invadiu Cair Paravel.

Eles acabam conhecendo o Príncipe Caspian, que é sobrinho do rei dos Telemarinos Miraz e que quer matar o sobrinho para se tornar o novo rei de Nárnia. Os irmão Pedro, Lucia, Edmundo e Suzana vão ajudar Caspian a derrotar seu tio e se manter como rei. Nesse livro temos a entrada de novos personagens : o texugo, Ripchip o rato (adoro) e os anões Trumpkin e Nikabrik. E claro temos Aslam.

Apesar dos livros das Crônicas de Nárnia terem uma narrativa rápida e sem enrolação, Príncipe Caspian é um livro mais devagar do que os outros, a história não tem muita ação e as vezes se repete muito.


O Filme:

Devido ao grande sucesso de As crônicas de Nárnia: O leão, a feiticeira e o guarda-roupa, os produtores e o diretor se animaram em fazer logo a continuação que saiu em 2008.

O roteiro do filme segue as bases do livro, mas a história foi levada por outro ângulo, o que fez com que o filme fosse totalmente diferente do anterior.

O livro é um pouco parado em relação a outros da série, e no filme eles trouxeram muito mais guerra e mortes, alguns personagens ganharam um tom que eu não gostei, por exemplo: o Pedro virou um revoltado que toda hora fica dizendo "eu sou o grande rei", a Suzana também ficou estranha no filme, uma hora ela paquera com Caspian noutra está com a cara fechada. O único personagem legal dentre os irmãos é Edmundo, e a Lucia, claro, é sempre uma fofa. Caspian é interpretado por Ben Barnes, que está com um sotaque indecifrável no filme, mas que realmente deu uma vida ao personagem que no livro parece um pouco apático diante dos outrora reis de Nárnia.

Porém, o filme e o livro pouco tem em comum nessa adaptação, ainda é a mesma história e nenhum elemento foi perdido, mas sim foram adicionadas novas cenas, como na parte em que no livro o anão fala para Caspian que ele poderia invocar a Feiticeira Branca para que eles conseguissem ganhar a batalha contra Miraz . Enquanto no livro isso não passa de uma idéia remota, no filme foi adicionada essa cena na qual aparece nossa querida Feiticeira Branca (Tilda Swinton) quase voltando a vida, mas chega Edmundo para estragar a festa.

Como a bilheteria desse filme foi muito menor que a do anterior, aproximadamente 430 milhões, a Disney abandonou a franquia acusando que a mesma não era mais rentável, o que eu achei uma crueldade com os fãs da série, porém a Fox acabou comprando os direitos de As Crônicas de Nárnia e vai dar um fim digno a nossa amada série, o que me deixou muito feliz, e parece que A Viagem do Peregrino da Alvorada vai ser um filme muito bom e com certeza falarei aqui no Livro versus Filme.


Livro X Filme:
O filme e o livro são bem diferentes, contam a mesma história por ângulos diferentes, temos um livro sem cenas de guerra ou ação e um filme repleto delas, o que para mim perdeu um pouco a identidade da saga. Ficou, tipo, um Coração Valente infantil.

A adaptação está num nível de 55%, devido as muitas cenas dos Telemarinos e cenas de ação que não tem no livro.

Bom fim de semana =)







Um comentário:

  1. Acredita que ainda não li e nem vi nenhum filme dessa série?!

    #shameonme

    Mas está na lista...

    Bjs

    Mariana
    Psychobooks

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D