segunda-feira, 7 de março de 2011

A Bela e o Barão - Deborah Hale (Maratona de Banca #1)














Autora: Deborah Hale
Editora: Nova Cultural
Ano: 2003
Clássicos Históricos Especial 184



 SINOPSE: "PODERIA ELA DERROTAR A ESCURIDÃO E TRAZÊ-LO DE VOLTA À VIDA? Lorde Lucius Daventry voltara da guerra com o rosto desfigurado por causa de um tiro e decidira viver em reclusão. Mas ao saber que seu avô estava à beira da morte, propõe um noivado fictício à sua vizinha, Ângela Lacewood, para satisfazer a última vontade do avô. Tudo era para ser um mero acordo, mas a paixão avassaladora que invadiu seu peito estava sendo difícil de se represada. Lucius sabia que não podia abrir seu coração para Ângela; afinal o que uma mulher tão bela iria querer com um homem como ele?"

Lorde Lucius ficou com a face desfigurada por causa de um tiro e começou a usar uma máscara para esconder as cicatrizes. Ele também ficou com alta sensibilidade à luz, motivo pelo qual começou a sair somente durante o período noturno. Bom, a população local, frente às atitudes dele - ser taciturno, só sair à noite e cobrir o rosto -, começou a chamá-lo de Lorde Lúcifer.

Ângela Lacewood gostava de ajudar os necessitados. Ela fazia visitas às pessoas da comunidade e ajuda em tudo que podia. Foi assim que ela começou a visitar o conde de Welland, o avô de Lucius, um velhinho que tinha como companhia constante apenas os criados da propriedade. Ângela então se tornou amiga do solitário conde.

Lucius propôs o falso noivado a Ângela para que o seu avô, que estava com a saúde muito debilitada, pudesse morrer tranquilo sabendo que o neto e ela, uma vez casados, cuidariam um do outro. Ocorre que, depois do anúncio do noivado, eles tiveram que passar mais tempo juntos e começaram a descobrir afinidades.

Dentre essas afinidades está o gosto pela observação das estrelas. Ângela fica encantada ao ver que Lucius gosta de astronomia e, além disso, construiu uma espécie de observatório. A partir daí outros pontos em comum também surgem e o romance deslancha.

Não existe nada de necessariamente novo na estória. É engraçado como, às vezes, eles parecem com a Bela e a Fera, mas mesmo assim é um bom livro.  Recomendo!


“— Milorde, será que, ao acordar, decidiu que o dia de hoje seria maravilhoso para irritar seus vizinhos?
Lucius Daventry riu novamente, sem se dar conta do perigo que corria de ser estrangulado.
— Srta. Lacewood, se eu houvesse pensado nisso, a senhorita ficaria na última linha da minha lista de vítimas em potencial. Perdoe-me por não ter usado de maior franqueza desde o início. Meus anos de convivência com a sociedade não fomentaram muito esse tipo de aptidão digna de louvores.
Lucius pareceu estranhamente pesaroso. O olhar verde, antes frio e impenetrável como o jade, suavizou-se como um gramado em um amanhecer orvalhado de verão.
A irritação de Ângela cedeu, contra a sua vontade.
— Eu deveria ter imaginado que milorde não iria propor casamento a alguém como eu.
— Ao contrário. — A voz hipnótica mostrou-se um pouco áspera. — “Alguém como eu” é que não deveria fazer-lhe semelhante proposta".
 


10 comentários:

  1. Ás vezes eu acho que livro de banca é tudo igual. Ou é Cinderela, ou Bela e a Fera, ou magnatas... Mas a gente acaba gostando dessas histórias mesmo assim, tem uma certa graça. rsrs

    ResponderExcluir
  2. Lucy

    Muitos realmente tem essa temática, mas outros nem tanto.
    Aproveita a Maratona de Banca e dá uma olhadinha nos títulos que as outras participantes estão lendo.

    Nayoara
    Esse livro está na minha pilha de leitura faz tempo hahahaha ele vai subir um pouquinho.

    ResponderExcluir
  3. Carol,

    Que bom que esse livro vai melhorar de lugar na sua lista =D

    Lucy,

    Livro de banca é vício! kkkkkkkkkkkk
    Pode perguntar p/ Mads que ela vai concordar =D

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler esse livrinho...
    Adorei a resenha!
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  5. Esse eu já li, e amei!! Muito bonitinho vai :)

    ResponderExcluir
  6. Nossa, esse livro tá FOREVER esperando na minha lista para ser lido!

    Preciso ler!

    Bjos!

    Thaís Gisele

    ~Sweet-Lemmon
    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com vontade de ler esta história. Bem, eu já li meu livro de março da maratona, mas acho que vou ler este também :-)
    Bj, Aris.

    ResponderExcluir
  8. o que me irrita em romances históricos são esses tratamentos..'milorde', 'srta'...rsrs
    de resto adoro! sua resenha ficou ótima!

    http://meusromancesemblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...