terça-feira, 26 de julho de 2011

Em Cartaz: O Casamento do Meu Ex (The Romantics)










Título Original: The Romantics
Duração: 95 minutos
Direção: Galt Niederhoffer
Roteiro: Galt Niederhoffer
Elenco: Katie Holmes; Anna Paquin; Josh Duhamel; Adam Brody; Elijah Wood; Malin Akerman; Rebecca Lawrence; etc.
Distribuidoras: Paramount e Paris Filmes
Gênero: Comédia Romântica / Drama

Sinopse: Ao longo de uma noite barulhenta, sete amigos da faculdade se reúnem para o casamento de dois deles. Laura (Katie Holmes), a dama de honra e Lila (Anna Paquin), a noiva, há muito tempo rivalizaram o noivo, Tom (Josh Duhamel). Amizades e alianças são testadas enquanto a história do triângulo amoroso vem à tona na véspera do casamento, quando as amigas bêbadas abrem o jogo... sem o noivo. Baseado no romance de Galt Niederhoffer, que também assina o roteiro e a direção, é uma comédia romântica sobre o amor, a amizade e todas essas coisas complicadas da juventude. Baseado no romance da produtora, roteirista e diretora Galt Niederhoffer, O Casamento do Meu Ex é uma história de amor engraçada, que dá um novo fôlego ao gênero, capturando o valor mais importantes dos jovens: a amizade.

Heeeello, pessoal!! Trago hoje para vocês a crítica de um filme que assisti nesse fim de semana e ele me deixou tão...intrigada, que decidi compartilhar com vocês minha opinião.


Enfim, primeiramente, eu nem sequer sabia que ele era baseado num livro. Descobri isso apenas quando fui procurar a sinopse e me deparei com o fato de que não só é baseado no livro The Romantics (que é o título também do filme nos EUA), como também o autor do livro Galt Niederhoffer é o diretor e roteirista, o que me deixou ainda mais...intrigada! =p

Isso porque The Romantics (vou usar o título em inglês porque tem MUITO mais sentido na história) é um filme bem diferente daqueles que estamos acostumados. Ele é uma mistura de drama com comédia romântica, sendo que termina se enquadrando mais na primeira opção, pois é um filme que trata mais de amizade do que de amor, ou melhor, ele trata dos conflitos que surgem quando esses dois sentimentos se misturam!

Mas não pensem que aqui eles se misturam entre duas pessoas, não! Na verdade, ele mescla-se com o grupo todo que, por isso, autodenomina-se The Romantics (traduzindo literalmente seria: Os Românticos), pois como bem afirma Laura (Katie Holmes) em seu brinde no filme (tradução livre):
"Nossos amigos tem o apelido 'Os Românticos', devido à nossa história incestuosa de namoro. Nós éramos apenas apaixonados uns pelos outros. Porque é isso que amigos fazem. Eles se apaixonam uns pelos outros. E...depois perdem a paixão, e voltam a se apaixonar e isso acontece de novo, e de novo, pelo resto da vida deles."
"Os Românticos" é um grupo composto por Laura (Katie Holmes), Lila (Anna Paquin), Tom (Josh Duhamel), Tripler (Malin Akerman), Jake (Adam Brody), Pete (Jeremy Strong) e Weesie (Rebecca Lawrence), e meio que quase todo mundo já se envolveu com o outro! Contudo, o que é mais explorado no filme, é o triângulo entre Laura, Tom e Lila, pois esses dois últimos vão se casar.

Todavia, ao invés de explorarem esse triângulo como ocorre normalmente nas comédias românticas, deu-se um tom mais dramático ao filme através de cenas mais longas e silentes, nas quais o ator é focado sozinho, pensando, expressando milhares de sentimentos apenas com a expressão do rosto, ou realizando simples atividades, ou mesmo falando sozinho. É por meio desses momentos que nós vamos tendo noção do que está realmente acontecendo (será que Laura está se encontrando com Tom pelas costas de Lila? Será que Tom ainda ama Laura? etc.), e quem é cada personagem.

Ao mesmo tempo em que o filme explora o triângulo de uma forma mais dramática, o grupo como um todo revela a dinâmica de amizade/amor entre eles, trazendo momentos engraçados e bastante constrangedores, até (a cena do brinde no jantar do ensaio do casamento é o grande momento vergonha alheia do filme =p)!

O problema do filme foi, para mim, os atores. Alguns atores como, Katie Holmes, Anna Paquin e Adam Brody fizeram/fazem papeis na TV que os marcaram/marcam demais, o que torna meio complicado enxergá-los de uma forma diferente, como personagens diferentes. Katie Holmes, por exemplo, estava muito bem como Laura, mas algumas vezes ficava impossível não vislumbrar Joey ali, a qual também passou por muitos momentos dramáticos de amor e amizade em Dawson's Creek. De outra sorte, alguns autores não conseguiram mesmo incorporar a carga dramática que o filme exigia, o que tornou seu personagem fraco e monótono, como foi o caso de Josh Duhamel (eu sei que ele é lindo, mas não o suficiente para apagar sua má atuação!)

Já um ponto forte do filme, para mim, foi a trilha sonora. Esta, além de contar com algumas ótimas baladinhas, conseguiu me surpreender, pois no momento do casamento, ao invés de tocar uma música romântica e bonitinha, tocou uma música nada a ver com casamentos - uma instrumental com muitos tambores -, mas que representava bem o momento tenso pelo qual a história passava.

Por fim, não poderia deixar de falar no final do filme...oi?! Tipo, você acha que estão brincando com você ao acabarem o filme naquele momento! Só sei que agora preciso ler o livro, porque quero saber se o final é realmente daquele jeito ou se tem mais alguma coisa! O.o

Logo, se vocês gostam do gênero dramático, de filmes sobre amor e amizade e que sejam diferentes do que vemos por aí na indústria cinematográfica atualmente, The Romantics (O Casamento do Meu Ex) é uma boa pedida! =D

Trailer:

5 comentários:

  1. Não consigo imaginar a Anna Paquin em qualquer outro papel que não seja Sookie ou a menina do X-men :p

    Não imagino ela fazendo um papel drmatico assim...

    GOsto de dramas e comédias rômanticas... esse filme me lembrou Closer, perto d mais.... não sie pq kk

    Espero poder assistir em breve.

    Obrigada pela indicação.

    Bjo

    @alessandramessa

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei do filme, simplesmente por ser... surpreendente! Além da trilha sonora ser linda. E concordo em tudo com Carol!!!

    Obs.: será que o objetivo daquele final é fazer a gente querer ler o livro? Eu quero!! Rsrs.

    Obs.2: achei o brinde é o ponto alto do filme, quem achar chato assista pelo menos até o "toast"! kkkk!

    Beeeijos!

    ResponderExcluir
  3. ah, cara, será que vou ver a sookie no filme? HAHAHA tá em cartaz aqui, tô morrendo de vontade<3



    @_patriciacamarg

    ResponderExcluir
  4. Todo filme que começa com "Casamento..." no título já me faz duvidar da originalidade da história, mas, como vc disse, o título original parece fazer jus à trama. Acho que vou dar uma chance a ele.
    Valeu pela dica!
    bjo

    ResponderExcluir
  5. achei o filme monótono,não entendi o final,o que aconteceu com os personagens?

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D