domingo, 26 de agosto de 2012

Dica de Filme: Apenas uma Noite (Last Night)

SinopseJoanna (Keira Knightley) acusa o marido, Michael (Sam Worthington), de estar interessado em uma colega de trabalho. Pouco tempo depois, enquanto ele se prepara para fazer uma viagem a trabalho, ela assume que exagerou nas acusações e lhe pede desculpas. Eles passam a noite separados devido à viagem, mas Michael não esquece o que a esposa lhe disse e resolve testar se a acusação é verdadeira. Nesta mesma noite Joanna reencontra um amor do passado, Alex (Guillaume Canet), que a faz balançar.
Fonte: Adoro Cinema

Ficha Técnica:
Título Original: Last Night;
Ano de lançamento: 2012;
Direção e roteiro: Massy Tadjedin;
Gênero: Drama;
Duração: 93 min;
Elenco: Keira Knightley, Sam Worthington, Eva Mendes, Guillaume Canet, entre outros;
Distribuidora: Vinny Filmes.

Olá, leitores!! Quanto tempo sem passar por aqui...saudades enoooooormes!!! Depois de séculos sem escrever sobre nada, resolvi trazer para vocês a crítica de um filme que entrou para minha lista de melhores filmes de 2012 (na categoria drama), Apenas uma Noite

Esse foi o tipo do filme que me chamou a atenção por acaso, quando - nem me lembro como - vi o trailer e fiquei, no mínimo, intrigada! Qual a minha surpresa quando vi que ele estava em cartaz no cinema e tomei logo a providência ir correndo vê-lo.

Apenas uma Noite trata de um tema bastante polêmico na sociedade, o qual também já foi objeto de muitos outros roteiros cinematográficos, mas não me lembro de ter assistido a nada que tratasse desse tema de forma tão real: traição

Digo real, pois a diretora e roteirista conseguiu simplesmente tratar desse tabu em ambos os universos, masculino e feminino, com cada faceta inerente a estes, fazendo os espectadores pararem, prestarem atenção de verdade, refletirem e ainda discutirem cada ponto e detalhe levantados pelo filme.

Todo o roteiro foi construído de uma forma a criar uma tensão no espectador, será que eles irão se trair?! Essa é uma pergunta que fica na cabeça durante praticamente quase todo o filme, enquanto você assiste ao desenrolar do enredo, acreditando que ora sim, ora não; ora você acha que é ela quem vai trair, ora ele. Chega a ser angustiante algumas vezes. Contudo, posso afirmar que sim, você terá essa resposta até o término do filme, mas nem por isso deixa de levantar uma outra dúvida ao final... 

E aqui é preciso dar os parabéns à diretora e roteirista, Massy Tadjedin, que com suas tomadas simples, mas muitas vezes cheias de significado e atenta aos detalhes, bem como com diálogos intensos (e tensos), conseguiu fazer de um filme aparentemente simples, algo marcante e que vale a pena refletir e assistir. Destaque-se também os atores maravilhosos (sou muito fã da Keira!) que conseguiram colocar em pequenos olhares e gestos toda a carga emocional necessária para interpretar esses personagens. 

Fica e dica, e bom domingo! =D

Trailer:

Um comentário:

  1. Ainda estou na dúvida sobre esse filme. Vi o trailer uma vez e pensei "legal". Depois, achei que não iria gostar tanto. Vou esperar sair em DVD ou passar na TV.
    bjo

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...