quinta-feira, 13 de junho de 2013

A Caçada - Clive Cussler







Autores: Clive Cussler
Titulo: A Caçada
ISBN: 9788581632193
Editora: NOVO CONCEITO

Número de páginas: 384





Sinopse: Por décadas, Clive Cussler vem deleitando leitores com romances repletos de suspense, ação e pura audácia. Agora, ele faz isso novamente, em um dos mais loucos e estimulantes thrillers de época dos últimos anos.
O governo norte-americano contrata a renomada Agência de Detetives Van Dorn e seu agente igualmente renomado, Isaac Bell, para capturar um lendário ladrão de bancos conhecido como Assaltante Açougueiro. Este assassinara homens, mulheres e crianças, sem deixar nenhuma pista nem testemunhas. O detetive Bell lidera a busca e finalmente descobre a verdadeira identidade do Assaltante Açougueiro. E nesse momento inicia-se a verdadeira caçada.
Com um enredo intrincado, dois vilões extraordinários e a assinatura de Cussler em reviravoltas surpreendentes, A Caçada é o trabalho de um mestre no auge de seu talento.



Isaac Bell, alto, bonito, elegante, cerca de trinta e poucos anos. Esse é o perfil do grande agente da agência de detetives Van Dorn. Em sua nova aventura, após o espião, Isaac se envolve em uma incrível história  cheia de desafios, mistérios e uma pitada de romance. 

No livro “A caçada”, a história não é nada mais do que o próprio título sugere: uma perseguição sanguinária em busca do Assassino Açougueiro, um  incrível ladrão de bancos que surpreende a cada roubo, com seus disfarces e assassinatos.

Gostei muito do livro e do seu desenvolvimento. É tudo realmente emocionante principalmente porque  a história se passa no século XX,  ano de 1906, através de várias cidades mineradoras ao longo do território estadunidense governado pelo presidente Roosevelt.  Além disso, a  história mistura muito a realidade com ficção, os terremotos na cidade de são Francisco e a corrida em uma locomotiva enorme de 134 toneladas que pode chegar a quase 170 kilometros  por hora em uma linha reta.

Existem bandidos muito espertos, que não se fazem tarefa fácil para os agentes do governo. Porém alguns bandidos conseguem tornar a sua procura algo quase impossível, não deixando nenhuma pista ou rastro para trás. É o caso do nosso odiado vilão, que não deixa nenhuma pista na cena do crime, e assassina todas as pessoas que estiverem no local do seu roubo. Tarefa difícl, mas não impossível para o agente Bell, que tem ao seu lado uma linda mulher, Marion, que ajuda o policial em um dos seus mais difíceis casos.

Bom, sem mais spoilers, o livro é ótimo, mas acho que o autor podia ter prolongado um pouco mais a história , para que o seu final não se tornasse tão corrido, o que me deixou um pouco chateado, junto com a grande idealização dos vilões, que pareciam muito mais interessantes e espertos que os agentes Van Dorn. Fora isso, o livro é muito bom e uma ótima escolha para quem gosta de histórias de aventura, e que vão direto ao ponto. Eu recomendo!

                                                                              Resenha por Gabriel Vitor Campos

                                                                

Um comentário:

  1. HUmm que legal... ainda não li e confesso que não tenho vontade de ler... mas depois que li a resenha até que me bateu um desejosinho =D

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D