terça-feira, 7 de setembro de 2010

I heart you, You haunt me - Lisa Schoreder











Editora:
Simon & Schuster
Ano: 2008
Número de páginas: 176
ISBN: 9781416955207
Compre:
aqui

Oi gente, nesse finalzinho de feriado vou falar com vocês sobre um livro que acabei de ler e me tocou tanto que meus olhos ainda ardem de tanto que chorei! Antes, vejam a sinopse:

“Menina encontra menino.
Menina perde menino.
Menina tem o menino de volta...
...algo assim.
Ava não pode vê-lo ou tocá-lo, a não ser quando ela está sonhando. Ela não pode ouvir a voz dele, exceto pelos fracos sussurros em sua mente. Muitos poderiam pensar que ela está maluca, mas ela sabe que ele está aqui.
Jackson. O garoto que Ava pensou que passaria o resto de sua vida. Ele voltou da morte, uma prova que o amor verdadeiramente não conhece limites.”
I heart you, you haunt me” conta, em forma de poesia, a história de Ava, uma garota de adolescente que, aos 15 anos, passa pela trágica experiência de perder seu namorado, Jackson, e também o amor da sua vida.
“Quando você conhece alguém,
tão diferente de você,
de uma boa maneira,
você nem sequer tem que beijá-lo
para ter fogos de artifícios explodindo.
É como fogos de artifícios
no seu coração
o tempo todo.

Sozinhos, nós éramos bons.
Juntos, nós éramos fantásticos.
Por ser escrito em poesia alguém pode pensar que o livro deve ser chato ou de difícil compreensão! Mas o que acontece é exatamente o oposto, pois a forma como Lisa escreve torna a leitura extremamente leve e gostosa, de maneira que você não leva nem três horas para lê-lo!!

A estória do livro começa já no funeral e enterro de Jackson deixando aquela incógnita sobre como ele morreu, o que é explicado apenasdepois da metade do livro, mas desde antes percebemos que Ava se culpa pelo que aconteceu, tornando seu sofrimento pela perda de Jackson ainda pior. Esse trecho da oração que ela faz durante o enterro é de partir o coração:
Querido Deus,
O que eu posso fazer?
Ele não merecia isso.
Nós não o podemos trazer de volta?
Não há nada que o possa trazer de volta?
Por favor?
Amém.”
Ava, então, deveria passar pelo luto e seguir em frente, certo?! Acontece que Jackson não a deixou completamente e seu fantasma passa a conviver com Ava, mas não de uma maneira muito satisfatória, pois ela não pode vê-lo, ou tocá-lo, ou conversar com ele normalmente, o que a deixa muito frustrada. Ela só pode ouví-lo através de sussurros e seus toques só podem ser realmente sentidos nos sonhos, como nesse trecho abaixo:
Nossos olhos se prendem,
meu dedo
traça sua mandíbula.
Antes de eu poder dizer
eu te amo,
eu estou nadando,
no
caloroso mar
de seus
beijos
mais uma vez.
A presença de Jackson, aliada a sua culpa impedem que Ava possa seguir adiante e viver sua vida, o que preocupa demais suas amigas e pais, além de seu ex-namorado Nick, que se mostra um cara super fofo e muito atencioso com ela. Alguns dos diálogos de Ava com suas amigas e com seus pais, rendem alguns dos momentos mais bonitos do livro (os quais, claramente, me fizeram chorar horrores)!

Apesar de culpar-se pela morte do namorado e passar por todo esse sofrimento que nos acompanha e nos toca demasiadamente no livro, em nenhum momento Ava se torna uma personagem chata. Ao invés disso, ela frusta-se, chora, culpa-se, sofre, ri, diverte-se e luta nos momentos certos e de maneira a não deixar a leitura cansativa ou abusada!

Enfim, não vou contar mais nada pra não estragar a leitura de vocês, mas esse livro vai pra lista dos recomendados, pois ele é lindo demais de uma maneira triste, doce e fofa, que vai fazer vocês se emocionarem! O final da estória passa uma das mensagens mais lindas que já vi e com certeza não é spoiler nenhum transcrever ela pra vocês:
Alegria, não tristeza.
Risadas, não lágrimas.
Vida, não morte.
Amor, não culpa.”
Playlist retirada do próprio livro:

- Here by Me, do 3 Doors Down;
- Don't Leave Me, do Green Day;
- You’re the one, do Sugarcult;
- My Last Breath, do Evanescence;
- My immortal, do Evanescence.

2 comentários:

  1. Este livro é mágico. A forma como ele foi escrita, faz toda a diferença. É o que o torna tão especial e diferente de todos os outros que já li.

    É uma história de perda, superação... Mas acima de tudo, é uma história de amor. De um amor tão bonito, tão sublime e sincero que ultrapassa até as barreiras da morte.

    Eu chorei. Muito. HAHA
    E a trilha sonora só colaborou para que meu desespero fosse ainda maior!

    Estou tentando comprar o livro. Gostei tanto, que não posso deixá-lo de ter aqui :)

    Adorei a resenha.

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  2. Que linda a história. E a resenha muito bom, muito bem escrita! =)
    Amei!!!
    Beijos,
    Gabi - Está Inspirada

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...