sábado, 4 de setembro de 2010

On TV: Rookie Blue


Olá pessoas! Nesta linda sexta-feira pré feriadão estréia a série Rookie Blue no Universal Channel, às 22h, e é claro que eu não poderia deixar de falar dela aqui no Prateleira. 

A série é transmitida pelo canal ABC e conta a história de 5 jovens policiais no início de sua carreira – logo depois da saída da Academia de Polícia – com todos os seus medos, inseguranças, vidas pessoais atribuladas e romances (muitos romances). 

O elenco principal (com a maioria dos atores desconhecidos) é composto por: 

· Missy Peregrym (Andy McNally)
· Enuka Okuma(Traci Nash)
· Travis Milne (Chris Diaz)
· Charlotte Sullivan (Gail Peck)
· Gregory Smith(Dov Epstein ), mais conhecido como o protagonista de Everwood. 

Passada a ficha da série, aí vai meu conselho de amiga: não crie muitas expectativas. 

Por ter como base do roteiro o início de carreira dos rookies, foi logo rotulada de a “Grey’s Anatomy policial”, mas não chega nem perto de ter o selo Shonda Rhimes de qualidade. Apesar de pegar muita coisa emprestada, como romances entre novatos e superiores, erros de principiantes que só fazem besteira e o fim do expediente no bar perto da delegacia, essa comparação com o pessoal do Seattle Grace não é digna.

O próprio roteiro tem muitas falhas – diálogos e cenas inúteis enchem os 44min de episódio. Tudo é muito previsível, politicamente correto e sem foco. Logo se percebe que a série tem origens canadenses e que a coisa não vai mudar muito de figura. 

E os personagens não se ligam de jeito nenhum! Não tem química. E o pior: você não consegue se ligar a nenhum deles também. Além de serem mal escritos e terem suas histórias cortadas a todo instante, os atores principais deixam muito a desejar. A série não dá espaço pra que nós nos envolvamos com as histórias dos novatos (que tem tudo pra serem boas), infelizmente. E o quadro se agrava quando a história é baseada NELES e não no caso do dia. 

Outra coisa que me chamou atenção negativamente foi a falta de caracterização dos personagens. O que quero dizer é que falta neles uma característica marcante de personalidade que os identifique no meio dos demais. Alguém pode dizer que eles tem, mas não consigo enxergar isso em TODOS os personagens. Alguns são muito apagadinhos. Espero que isso melhore no decorrer da temporada. 

Bem, pelo menos tem uma coisa boa: só tem gente bonita. É difícil ver um ator feio em Rookie Blue. Outra coisa boa é que, por serem policiais inexperientes, eles podem morrer nas ruas ao lidar com bandidos, e esse perigo sempre dá uma emoçãozinha. 

A série tem nove episódios exibidos e uma segunda temporada já confirmada. Então, deve melhorar no futuro. E, mesmo achando ruim, vou continuar vendo com muita esperança que fique melhor mesmo.

Alguém já viu? Concorda ou discorda? Comente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...