quinta-feira, 12 de maio de 2011

On TV: The Voice


Hello, everyone!! Estou aqui hoje para falar para vocês sobre o mais novo music reality competition da rede de TV norte-americana NBC (e também meu novo vício...rsrsrsrs): The Voice.

O programa estreou no dia 16 de abril, nos EUA, e teve uma das maiores estreias desde o início deste ano na TV norte-americana, com um índice altíssimo de audiência (Fonte: I Love Aguilera).

Assim como o American Idol, o The Voice é um reality competition de música, que busca encontrar um grande cantor ou cantora, o qual será eleito, ao final, pelo público norte-americano.

O diferencial do programa está principalmente na fase inicial, das audições, bem como em algumas outras regrinhas. Primeiramente, alguns cantores/cantoras passaram por uma pré-audição em alguns Estados (essa parte não foi exibida no programa, como acontece no AI). Daí, os selecionados receberam em casa um convite para participar da audição propriamente dita para participar do show.

Acontece que essas audições não são como estamos acostumados - e isso é o mais legal do programa - elas ocorrem às cegas (blind auditions), isto é, os quatro jurados/mentores do programa (Adam Levine, do Maroon 5; Cee Lo Green; Christina Aguilera; e Blake Shelton) apenas escutam a pessoa cantar, sem vê-la, de modo que eles só podem avaliá-la pela sua voz!! Se eles gostarem do que ouviram e quiserem ser o mentor desse concorrente, colocando-o em seu time, eles apertam um botão que imediatamente revela quem está cantando.

Ao final da apresentação, quem tiver apertado o botão será o mentor daquele cantor/cantora, trazendo-o para seu time, mas se mais de um apertar o botão, quem escolhe o mentor é o próprio concorrente!! Contudo, se ninguém apertar o botão, a pessoa está fora da competição.

E eu posso garantir a vocês que essa etapa da competição foi MARAAAAAA!! Eu ri horrores com os artistas brigando para terem os cantores em seus times (Adam X Christina foi tudo de bom...rsrsrsrsrsrsrs)....e chorei com aqueles que ninguém escolheu....foi muito emocionante!! Sem contar que a família dos concorrentes fica numa salinha com o apresentador do programa, assistindo a apresentação e implorando para alguém apertar o botão...eu chorei litros junto com eles!!

A fase das "blind auditions" ocorreu nos 2 primeiros episódios e já terminou. Cada artista ficou com 8 componentes em seu time, ou seja, ao todo são 32 participantes que completaram essa fase. Particularmente eu gostei muito de vários cantores selecionados...outros nem tanto, mas a maioria tem muuuito talento! Eu estou bastante dividida sobre qual time torcer... =S

Esta semana começou a fase dos "battle rounds", ou seja, dois competidores, do mesmo time cantarão a mesma música em dueto, e o mentor daquela dupla escolherá apenas um que ficará no programa, enquanto o outro será eliminado! Quem escolhe as duplas e as músicas é o mentor - o que achei um pouco injusto, no que concerne a escolha das duplas...deveria ser sorteio - o qual também irá treiná-los e ajudá-los para a batalha, juntamente com um auxiliar da sua escolha....pode ser outro artista, um produtor, enfim, qualquer pessoa que eles confiem.

Os "battle rounds" acontecerão em quatro episódios e, após essa fase, os 16 participantes restantes (4 de cada time) irão para a fase de shows ao vivo, quando o público norte-americano finalmente começará a votar.

Enfim, o show é muito bom, vale a pena conferir!! Pena que por enquanto só é possível assistir online!! Acredito que a partir dos shows ao vivo ficará bem similar ao American Idol, mas estou ansiosa para ver o que eles trarão como diferencial nessa fase. Sem contar os jurados/mentores que já são maravilhosos....a química entre eles está funcionando muito bem, o que já é um plus a mais no programa!!

Colocarei abaixo alguns vídeos das "blind auditions" para vocês conferirem:






ATUALIZAÇÃO:

Segundo notícia veiculada pelo colunista do site Yahoo!, Leo Dias, a Rede de TV Globo comprou os direitos de produção de The Voice. Ele afirma, ainda, que quem estará a frente da produção do show seria Boninho, diretor do Big Brother Brasil.

A notícia ainda não foi confirmada pela Globo.

Fonte: The Voice Brasil

Um comentário:

  1. Tô adorando The Voice! Confesso que comecei a ver só por causa do Adam (do Maroon 5), mas o programa é super legal.
    Peço desculpa para os fãs de American Idol, mas acho até mais legal.
    Ótimo vc fazer um post sobre o programa, Carol! Adorei!
    Beijinhos! Fica com Deus!

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D