terça-feira, 19 de julho de 2011

Liberte meu Coração - Meg Cabot










Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501086686
Páginas: 406
Skoob



Sinopse: "Sua Alteza Real, a princesa Mia Thermopolis da Genovia, cujos diários se tornaram sucessos de venda, agora mostra ao mundo inteiro seu primeiro romance — cheio de perigo, desejo e um amor que vencerá todos os obstáculos... com a ajuda da incrivelmente talentosa Meg Cabot! Finnula é a caçula de seis irmãs e um irmão na Inglaterra do século XIII. Enquanto suas irmãs se contentam em fofocar sobre maridos, crianças e afazeres domésticos, Finnula é alvo de comentários maldosos de toda a vila por caçar nos terrenos do conde e por andar por aí em calças de couro justas! Mas de repente Finnula se vê envolvida numa complicação sem tamanho... Uma de suas irmãs acabou com o seu dote comprando vestidos e bugigangas, e a única forma em que as duas conseguem pensar para recuperar esse dinheiro é muito pouco usual... Sequestrar um lorde ou um cavaleiro rico que possa pagar um resgate! O que ela não esperava é que esse sequestro fosse criar mais problemas do que soluções: o cavaleiro recém-chegado das Cruzadas que é escolhido por Finnula vai acabar se mostrando alguém muito diferente do esperado, e a moça pode acabar tendo que abrir mão do resgate... e de seu coração".

Romances históricos tem um charme especial. E romances históricos escritos por Meg Cabot tem mais charme ainda. Eu gosto muito da forma como ela escreve, e desde que li o livro A Rosa do Inverno percebi que a Meg também tem talento para escrever esse gênero.

Liberte meu Coração é um livro bastante previsível, não é preciso muito esforço para descobrir o que vai acontecer, mas mesmo assim eu gostei muito da leitura. Quem se propuser a ler esse livro deve procurar diversão e não inovação.

Finnula é uma personagem forte. É difícil imaginar uma mulher tão obstinada em plena época feudal, mas na literatura tudo é possível, né!?

Os mocinhos da Meg sempre são fortes/inteligentes/destemidos/bonitos/fofos/etc. e Hugo Fitzstephen não foge à regra. Ele, que inicialmente tinha alguns pensamentos machistas, se mostrou muito apaixonado.
Novamente, a altura imponente dele a desconcertou, e ela foi até Violeta balançando a babeça, perguntando-se sobre o fato de os gigantes ainda andarem sobre a terra.”
Página 82

O início da história tem alguns momentos muito engraçados, principalmente depois que Finnula sequestra Hugo. É hilário ver como ele finge que ela conseguiu capturá-lo, quando na verdade ele acompanha de bom grado uma bela mulher.

É claro, ele era um homem, o que automaticamente o fazia intelectualmente inferior a ela.”
Página 45/46
Quem gosta de cenas hot também não vai se decepcionar. O livro tem algumas cenas bastante... hã... interessantes... entre os personagens principais.

A narração é em terceira pessoa, de modo que podemos ver o ponto de vista de vários personagens (eu achei isso ótimo, uma vez que a nossa percepção da história fica muito mais ampla).

Eu ouvi alguns comentários sobre o ritmo da história do livro ser devagar. Bom, eu não achei. Sei que as coisas não aconteceram de forma rápida, mas a narrativa da Meg não ficou chata em momento algum.

A história, de modo geral, é bastante coerente. A única coisa que achei estranha foi o mocinho, que no início era tão desconfiado, ficou muito crédulo no fim no livro, se negando a perceber algumas coisas meio obvias.

Por último, tenho que admitir que achei muito legal o fato da Meg dividir a autoria do livro com Mia Thermopolis, personagem principal da serie O Diário da Princesa. O sonho da Mia era ser escritora e a Meg tornou isso possível.

Eu gostei muito desse livro e recomendo a leitura!


9 comentários:

  1. Gostei da sua resenha. Confesso que romances de época não são meu forte, mas sua resenha me fez ficar curioso com o conteúdo desse livro.

    ResponderExcluir
  2. Estou louuuuca para ler esse livro *.*
    É a primeira resenha sobre ele q leio...e fikei mais ansiosa ainda!

    Meg é meg, sempre mto bom.
    Não pensei q tivesse cenas hot hehe axei q fosse mais juvenil....mas adorei saber q segue bem a linha romance histórico \o

    Adorei a resenha e agora mais q nunca estou torcendo pra ganhar esse livro de aniversário hehe

    Beijos

    @alessandramessa

    ResponderExcluir
  3. eu AMEI esse livro, sou suspeita em falar pois amo demais romance historicos, sendo meu genero preferido. Nao achei de maneira nenhuma a narrativa lenta e ate fiquei surpresa com dois fatos. Não pensei de jeito nenhum q ela foi casada com o camarada la e tbm nao imaginei a relação do menino com Hugo..agyaayga... adorei demais!
    só achei o final meio vago, mas adorei o casal.

    ResponderExcluir
  4. ADOREI o livro, sou suspeita em falar pq meu genero preferido é justamente os romances historicos.

    Amei demais o casal, adoro qndo ha esse confronto direto e os dois brigam feito a mulesta. Não achei a narrativa chata e mto menos lenta.
    Fiquei ate surpresa com os dois fatos, não imaginei q ela tinha sido casada com o camarada la e mto menos da relação de Hugo com o garoto...ahauahuah... outra coisa que tbm gosto é qnto o casal se casa antes do final.

    Só achei o final meio vago =/ mas adorei a personalidades dos personagens.
    bjos, grazi.

    ResponderExcluir
  5. Owwn, eu também gosto muito de romances históricos, mas nunca tive oportunidade ler der um escrito pela Meg! Mas é o meu sonho :(
    Gostei da criatividade dela em colocar o nome da Mia como autora! É por esse e outros vários motivos que eu amo a Meg *o*

    Gostei muito da resenha! Pretendo ler este livro, com certeza <3

    Abraços,
    http://leitorasanonimas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Quero muito esse livro. Adoro os livros da Meg, mas escrevendo como Patrícia ela tem um estilo bem mais adulto de narrativa, sensual e divertido ao mesmo tempo. Imagino que este siga essa linha. Faz bem meu estilo!
    Bjkas,

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  7. eu AMO romance histórico, principalmente da meg ou patricia cabot. o meu único problema com eles é... o final. no final os mocinhos teimosos e machões ficam muito... er, gays. mas é normal *o*

    ResponderExcluir
  8. Eu li o livro, e recomendo, aliás adorei a resenha, Parabéns

    ResponderExcluir
  9. Olá pessoal estou vendendo esse livro...Está novo...Quem se interessar pode entrar em contato comigo por e-mail!!! tete_mariane@hotmail.com. Bjoos = ***

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...