terça-feira, 29 de novembro de 2011

Christine - Stephen King




Sinopse:Arnie Cunnigham era um perdedor. Rosto coberto de espinhas, desajeitado com as garotas, magro demais, passava os dias pelos corredores da escola, tentando fugir da gozação dos colegas. Isso até Christine - personagem que dá nome ao livro, entrar em sua vida.Amor à primeira vista. A partir desse dia, o mundo ganha novo sentido. Tudo o que Arnie quer é estar junto de Christine.Mas não se espere um novo Romeu e Julieta, tratando-se da mente assombrosa de Stephen King. Christine é um carro. Um Plymouth Fury 1958. Um feitiço sobre rodas que se apodera de Arnie e faz dele alguém diferente. Há algo poderosamente maligno solto pelas estradas de Libertyville. Uma força sobrenatural que vai deixando seu rastro de sangue por onde passa. fonte:Submarino



Christine é uma das obras mais populares do Stephen King, tem o filme que até hoje passa no Cinema em casa do SBT, o qual eu nunca assisti shame on me. O livro conta a história de Arnie, um garoto nerd e que tem um relacionamento complicado com seus pais, até que ele vê um Plymouth 58 a venda e fica com obsessão por comprar aquele carro e quando consegue acontece uma reviravolta na sua vida.

Christine é dividido em três partes, a primeira e terceira são narradas pelo melhor amigo de Arnie, Dennis, que é uma testemunha da obsessão do amigo pelo carro, e a segunda parte é narrada em terceira pessoa. Eu particularmente acho que Stephen King tem um dom para escrever em primeira pessoa, ele consegue conversar com você durante a narrativa como se fosse um velho amigo, como se a história fosse contada somente para mim. E em Christine, assim como em Á Espera de um Milagre, conseguimos viver a história como se estivéssemos lá.

A narrativa é excelente, temos vários elementos diferentes na mesma história: romance, terror, suspense e drama, coisas diferentes e que se combinam de uma forma perfeita. Outro elemento do livro é que cada início de capítulo há um trecho de alguma música de acordo com o tema da parte, que são carros, amor e morte, há trechos de várias bandas e cantores conhecidos como Bruce Springsteen, Bob Dylan e Beach Boys, bem como de outros que não conheço.

Meu personagem favorito do livro é o Dennis, ele realmente era um grande amigo para Arnie e esteve com ele até o fim. Arnie é um personagem triste, pois ele vive sobre a opressão da mãe que quer controlar sua vida, e a única forma que ele tem para se libertar é comprando Christine. Também temos uma mocinha na história, Leigh, que se torna namorada de Arnie.

O livro segue o padrão Stephen King de qualidade, uma narrativa bem escrita, envolvente e assustadora, com certeza mais uma vez posso afirmar que ele é um dos meus autores favoritos de todos os tempos, uma fonte inesgotável de ótimas histórias.

Recomendadíssimo.

2 comentários:

  1. Eu nunca li nada do Stephen King! #sahmeonme rsrsrs Mas sempre tive vontade!

    Esse tema de um carro "pensante" é absolutamente original. Já vi o filme há muito tempo, não lembro muito bem, só lembro que tive medo.

    Agora fiquei com vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir
  2. Eu amo Stephen King!
    Apesar de ter esse livro na minha coleção, ainda não li. Em compensação, ao filme com a dublagem clássica do SBT eu assisti várias vezes.
    Mas com certeza ainda tiro o livro da fila quilométrica...
    bjo

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...