sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Um Estranho no Ninho - Ken Kesey












Autor: Ken Kesey
Tiulo Original: One Flew Over the Cuckoo's Nest
I.S.B.N.: 9788577990429
Editora: Best Bolso
Número de Paginas : 420

Sinopse: Este clássico, que se consagrou com sua premiada versão cinematográfica estrelada por Jack Nicholson e dirigida por Milos Forman, relata os dias de R.P. McMurphy em um hospício. Ao ser condenado por um crime, ele se finge de louco para escapar da cadeia e agora enfrenta os desafios de uma instituição em que a insegurança e o medo imperam sob o comando de uma sádica enfermeira. Logo, McMurphy descobre que pode modificar aquela realidade, transformando suas vidas para sempre.


Hoje irei falar de um livro que gerou um dos melhores filmes que já vi na vida, Um Estranho no Ninho.

Um Estranho no Ninho é narrado pelo Chefe ‘Vassoura’, um homem indígena e que finge ser surdo mudo para todos que convivem com ele no Hospital Psiquiátrico, a rotina dele e de outros pacientes é monótona até a chegada de R.P McMurphy, que foi transferido da cadeia para o hospício porque foi considerado um psicopata, e com a chegada dele tudo naquela enfermaria irá mudar.

Mesmo tendo visto o filme primeiro, a leitura do livro foi cheia de descobertas, principalmente porque o narrador é o Chefe, e também porque conseguimos entrar mais fundo na rotina do hospital e nas memórias do narrador.

McMurphy me encanta mesmo sendo um homem que foi para a cadeia, engana seus colegas de hospital e ainda por cima burla as regras, ele e sua arte da lábia conseguiram me conquistar, ele é um personagem muito bem construído, sólido e que vai muito além do papel, por muitas vezes pensei no próprio Jack Nicholson que o interpretou no filme 1975 dirigido por Milos Forman, ele simplesmente é o McMurphy encarnado não existira ator melhor no mundo para poder interpretá-lo. Você se pergunta durante todo o tempo se o McMurphy é louco ou só está fingindo e essa trama é que deixa o livro mais intrigante.

Um Estranho no Ninho é um livro que contra entre suas linhas a própria experiência do autor, Ken Kesey, que se submeteu voluntariamente nos anos 60 a testes com drogas alucinógenas em um hospital onde sob o efeito delas ele conversava com outros pacientes e todas as experiências vieram para esse livro maravilhoso.

Gostei muito do livro, mesmo achando que algumas pessoas achem o livro forte ou cansativo.

Se você quiser se aventurar, eu apoio!


Beijinhos.

Um comentário:

  1. Nunca li o livro nem assisti o filme (apesar de já ter ouvido falar), porém, adoro histórias que se passam em hospícios. Acho que deve ser uma realidade chocante!

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...