quarta-feira, 30 de maio de 2012

A filha da minha mãe e eu - Maria Fernanda Guerreiro + Sorteio














Autores: Maria Fernanda Guerreiro
Titulo: A filha da minha mãe e eu
ISBN: 9788563219152
Selo: NOVO CONCEITO / JOVEM
Número de páginas: 256



Sinopse: Sensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.


Não tenho o hábito de ler sinopses, quando eu pego um livro para ler vai muito da intuição e do que a capa e o titulo me remetem, o que aconteceu com A filha da minha mãe e eu foi uma atração a primeira vista pelo titulo e a capa e infelizmente eu me afoguei nas expectativas.

A filha da minha mãe e eu conta a história de Mariana e da sua relação difícil com sua mãe Helena, que é uma mulher que sofreu com o abandono da mãe e que não se relaciona bem com a filha, além delas duas temos Tito, o pai, e Guga ,o irmão.

O livro é narrado em primeira pessoa, Mariana é a narradora, porém o fato de algumas histórias da família serem contadas em detalhes por uma pessoa que não estava lá tornou para mim a história um pouco artificial, não me passou muita verdade.

A autora é incluiu vários tipos de dramas na narrativa, que nem de longe é leve, incluem vários temos pesados e não acho que seja incluído na literatura jovem , está mais para um jovem adulto contemporâneo, um fato que me incomodou na escrita foi o uso excessivo de Tá e tô, e formas coloquiais que para mim comprometeram a leitura.

A filha da minha mãe e eu é um livro que não me marcou, ele tem seus méritos por tratar de assuntos sérios como drogas e aborto para adolescentes, porém possui algumas que coisas que não se encaixaram ou simplesmente não pareceram verdadeiros para mim. Minha opinião sobre o livro não é técnica e sim pessoal.

Sorteio 

Querem ganhar o livro e tirar as suas próprias conclusões é só participar do sorteio.

A promoção é via Rafflecopter, é seguir as instruções e torcer para ganhar.

Prêmio: Kit do livro contendo livro, marcador, um esmalte e a caixa.

A promoção vai até 30/06







a Rafflecopter giveaway

16 comentários:

  1. Eu fiquei curiosa de ler esse livro justamente pela resenha, mas agora nao sei :~~
    digo, quero ler, mas minhas expectativas cairam muito agora.
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um livro lindo, que trata do relacionamento entre mãe e filha. Acho que seria um presente e tanto para o dia das mães!
    Amei a resenha e vou participar para tentar ganhar.

    ResponderExcluir
  3. Ai que pena que você não gostou! Eu tava cheias de expectativas em relação a esse livro mas desanimei um pouquinho. Mas, mesmo assim, quero ler ele. Bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha ótimas espectativas do livro mas agora fiquei meio desanimada, a capa é muito linda..achei que ficou muito parecida com as capas dos livros portugueses(Portugal). Agora acho que vai ficar um tempinho na minha lista, mas pretendo l^-lo mesmo assim.
    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Li a sinopse e fiquei curiosa, mas suas considerações finais me fizeram não criar muita expectativa.


    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Hey
    Obrigada por visitar o Obsession!
    Parabéns pelo blog e estou seguindo.

    Ah achei a capa desse livro fofa demais, e o kit.. arrasou.
    Ele ficou com minha prima.. ela já queria lê-lo e tals..
    Espero gostar e que ele me marque tb.

    beijos
    Nana - Obsession Valley :)

    ResponderExcluir
  7. Essa é a primeira resenha que leio desse livro. Confesso que, assim como as demais meninas comentaram, eu desanimei um pouco. Me encantei com a capa e com a sinopse. Mesmo assim, ainda acho válido fazer essa leitura justamente pelo o que você colocou: aborda assuntos sérios.

    Participando do sorteio. Obrigada pela oportunidade

    ResponderExcluir
  8. Gostei bastante desse livro. Ele parece ser um desses que você lê e se identifica um pouco sabe? Não sei, mas eu senti isso. Gostei bastante!

    ResponderExcluir
  9. Sabe, eu acho que esse livro deve ser um drama lascado e feito para pensar, por isso gostei tanto dele. Você reflete.

    ResponderExcluir
  10. Me pareceu ser um bom livro, embora não seja uma história que empolgue muito.

    ResponderExcluir
  11. Acho q esse livro vai me fzer repensar algumas posturas... leitura difícil...

    ResponderExcluir
  12. Divulguei o seu sorteio no meu blog, passa lá e divulga a gente também! http://migre.me/9rS7c

    ResponderExcluir
  13. Ah, que pena, o tema do livro é ótimo e dramas familiares quase sempre rendem ótimas histórias. Também não sou muito simpática a escritores que abusem de linguagem coloquial, quando leio livros que fazem essa opção sempre me lembro de Jorge Amado que escrevia em potuguês corretíssimo, apesar de retratar tipos populares e utilizar palavras de baixo calão em seus livros e para mim sempre parece tão natural e nada forçado em seus diálogos.

    ResponderExcluir
  14. Tenho a mesma maneira de escolher livros como vc,pela capa e intuição rsrs.Apesar de não ser empolgante sua resenha ainda tenho um pouco de curiosidade, então não vou criar expectativas.

    ResponderExcluir
  15. Sua resenha está ótima, gosto da sua opinião sobre o livro resenhado, pois acho, que para quem não leu isso é importante.

    ResponderExcluir
  16. Gostei de ler a resenha, me deu curiosidade de ler o livro, parece bem interessante

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...