quarta-feira, 30 de março de 2011

Amante Desperto (Irmandade da Adaga Negra #3)















 

Autora: J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros
I.S.B.N.: 9788579301179




Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra. Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...”

Esta resenha contem SPOILERS para quem não leu os dois primeiros livros da serie Irmandade da Adaga Negra (veja as resenhas de Amante Sombrio aqui e Amante Eterno aqui).

Bella foi sequestrada por um redutor (espécie inimiga dos vampiros) ainda no final do livro Amante Eterno. Toda a Irmandade iniciou um trabalho de buscas para trazê-la de volta, mas Zsadist tem um motivo especial para se empenhar nas investigações...

Apesar do aparente descaso que o Z demonstra pela Bella, ele está se apaixonando, mas todos os problemas acarretados por seu passado conturbado fazem com que ele se mantenha afastado dela. O tempo que ele viveu escravizado o deixou com muitos traumas.

Z foi raptado quando ainda era muito jovem. Foi transformado em escravo de sangue, estuprado (a lei mudou e agora posso dizer que um homem foi estuprado, não apenas sofreu atentado violento ao pudor) e sodomizado. O contato com outras pessoas não é fácil para ele. Ademais, seu corpo também foi marcado. Ele possui tatuagens nos pulsos e no pescoço – que representam a escravidão – e teve seu rosto transfigurado por uma cicatriz.

Após salvar a Bella (com a ajuda da Irmandade), Z começa a apresentar um comportamento bastante possessivo com relação a ela. Fato esse que desperta a atenção dos outros Irmãos. Ela também se aproxima dele e se sente mais segura quando ele está por perto, tanto que prefere ficar instalada no quarto do Z.

Durante o desenrolar do relacionamento deles podemos ver a luta do Z para enfrentar o seu passado. Ele gosta da Bella, mas se sente indigno dela devido ao seu passado. É difícil imaginar que uma mulher da aristocracia, extremamente bonita e que pode ter qualquer homem que desejar queira justamente a ele, um homem com o corpo e a mente marcados.

Bella também tem alguns fantasmas a exorcizar. Ela tem que lidar com as lembranças do tempo que ficou no cativeiro com o redutor e também com o dilema de quem passa por uma situação traumática: como seguir adiante????

Esse é um dos meus livros preferidos da serie, ele e Lover Mine são os que têm a carga emocional mais forte – acho que é por isso que eu gosto tanto. Muitas vezes o Z não parece um guerreiro, mas sim um menino traumatizado que precisa de ajuda e colo. Um homem que aparenta maldade não por ser de fato mal, mas por não saber lidar com a bondade, por não ter aprendido como retribuir o carinho.

O Z é apaixonante por sua vulnerabilidade latente, tão bem escondida que nem mesmo o irmão gêmeo dele conseguiu perceber. Mas Bella, sim.

Já falei isso antes e vou repetir: Várias autoras gostam de repaginar o conto da Bela e a Fera sob os seus pontos de vista. Então, o Z é a Fera escrita através da visão da J. R. Ward. Entendam-me, não estou falando que Amante Desperto parece com aquele filme da Disney, estou querendo dizer que existe no imaginário popular aquela idealização do amor na qual uma pessoa consegue ver além da deformidade física da outra. Quando uma pessoa vê o coração da outra.

Em Amante Desperto a guerra contra os redutores continua e existem cenas de ação. É óbvio que o Z não iria descansar até se vingar daquele que sequestrou a sua amada.

Esse livro é muito bom. Leitura obrigatória!!! Estou com vontade de continuar escrevendo, uma vez que ainda tenho muita coisa para falar, mas vou deixar que vocês mesmos leiam e tirem suas conclusões sobre Amante Desperto =D 

Trechinho do livro:
 
"— Estava morto até que me encontrou, embora respirasse. Estava cego, embora pudesse ver. E, então chegou você… E, despertei." (citação do Z)

8 comentários:

  1. aaaaaaaaah o z *-* , eu vo compra concerteza ! , amo o blog *-* , continuem assim!

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Sou muito suspeita para falar do livro. Desde o primeiro IAN me apaixonei perdidamente, nunca mais serei a mesma... kkk.

    Estou louca pela continuação da série.
    Bjkas!
    Monique

    ResponderExcluir
  3. morro um pouquinho a cada vez que lembro desse livro. O segundo melhor personagem de todos os livros que já li, o primeiro pódio é de Roarke, claro ^^

    ResponderExcluir
  4. Eu já imaginava que o nº 1 da Mika era o Roarke. hehehe

    O Z é fantástico!!!! Meu coração ficava apertado enquanto eu lia esse livro!!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu amo a Irmandade... amo Z... ele é um dos meus preferidos... o livro dele também é um dos meus preferidos... tenho que concordar com a Mika, depois que li a Série Mortal... Roarke passou ao topo de meus favoritos... Seth, de Georgina Kincaid também está pareado com Roarke e depois vem os 'meninos' da IAN... que ainda não sei dizer qual o meu preferido... mas Z é um deles...
    Amante Desperto é maravilhoso... preciso reler... mas o tempo anda curto... são tantos livros...
    Beijos,
    @Ci_FotoseLivros

    ResponderExcluir
  6. esse é meu segundo lviro preferido da IAN (o primeiro é o do V).

    o livro todo tem um clima de "é bom demais para ser verdade", com todas as inseguranças do Z achando que a Bela não gosta dele de verdade, muito bom!!!

    ResponderExcluir
  7. A maneira como Z se rende ao amor de Bella é inesquecível. Meu livro fica marcado porque gosto de ler e reler rsrsrs

    Adorei a resenha :-)

    Bjssss

    ResponderExcluir
  8. O que falar do Z...sem comentários...o livro dele é um dos meus prefridos da IAN e é realmente intenso!!

    Sua resenha ficou linda Grazi, deu até vontade de chorar lembrando de tudo...deu pra ver seu amor por Z nela!!

    =´)

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D