quinta-feira, 26 de maio de 2011

Alma e Sangue #3: O Pacto dos Vampiros - Nazarethe Fonseca













Editora: Aleph
ISBN: 9788576571056
Páginas: 424
Compre: Saraiva / Cultura / Walmart



Boa Tarde, leitores!! Nesta quinta-feira trago para vocês a resenha de O Pacto dos Vampiros, o terceiro livro série Alma e Sangue, de Nazarethe Fonseca.

ATENÇÃO: Aqueles que não leram os dois primeiros livros da série, "O Despertar do Vampiro" e "O Império dos Vampiros", além de "Kara e Kmam: Segredos de Alma e Sangue" sugiro que parem a leitura deste post agora, pois ele contém spoilers para vocês!! Estão avisados!!

Se algum de vocês ainda não conhece a série, ou apenas leu os primeiros livros, confiram nossas resenhas de O Despertar do Vampiro; O Império dos Vampiros e Kara e Kmam: Segredos de Alma e Sangue, assim como nossa entrevista com a autora da série, Nazarethe Fonseca.

Sem delongas, vamos à sinopse:

Desolada com a perda de seu mestre e amante após os episódios narrados em Alma e Sangue – O Império dos Vampiros, Kara Ramos deixa São Luís para cumprir uma jornada de aprendizado, reencontro e descobertas. É quando toma conhecimento da existência dos homens-lobos e de sua feroz rivalidade com os vampiros. Uma disputa imemorial refreada por um Pacto firmado há mais de dois mil anos. Mas esse delicado equilíbrio está ameaçado pela ambição daqueles que conspiram contra o rei e por uma antiga maldição. Kara, agora movida pelo desejo de reaver seu eterno amor, acaba se envolvendo nessa perigosa trama de poder e vingança. E para enfrentar inimigos tão poderosos, contará com a ajuda de novos e improváveis aliados para proteger uma relíquia cujos segredos podem selar o destino de todos. Uma história cruel e fascinante que redimensiona e dá continuidade à consagrada saga de Alma e Sangue.

Se em O Império dos Vampiros eu fui surpreendida com a magnitude do universo criado por Nazarethe, em O Pacto dos Vampiros eu levei outro susto com a capacidade desta de ampliá-lo ainda mais.

Além dos nossos já conhecidos vampiros, Nazarethe nos revela nesta obra a existência dos homens-lobo e dos lobisomens, que vivem sob o comando da Alcateia; da Ouroboros, um grupo poderoso que visa proteger a paz entre os vampiros e homens-lobos/lobisomens e resguardar o anonimato dos seres sobrenaturais para o mundo humano; e da Ordem de Hermes, formado por humanos que tem como missão resguardar um valioso pergaminho.

E, é claro, juntamente com tudo isso somos apresentados a novos personagens que, para minha surpresa, me cativaram tanto quanto os demais: Darden, Rei dos homens-lobo e lobisomens; Iago (#suspira) e Alexia, filhos de Darden; Heitor, embaixador dos vampiros na Alcateia; Joyce, meia-loba e meia-humana, da Ordem de Hermes; Belizário, líder da Ouroboros (#suspiradenovo), entre outros.

Com tantos novos personagens e novas estórias tão entrelaçadas é claro que o livro não poderia deixar de ter as boas e velhas tramas e conspirações...e muita ação. Não são poucos os inimigos de Darden e Ariel que querem a todo custo retirá-los do poder. De maneira que este é livro é tudo menos monótono.

Pelo contrário, é tanta coisa que acontece e tantas informações, que a leitura torna-se um pouco mais densa. Minha cabeça dava um nó de vez em quando com tanta coisa que precisava processar. Isso ainda sem contar as reviravoltas que já são uma característica marcada dos livros da Nazarethe...percebi que ela adora dar um susto em nossos corações!! XD

Sobre a relação de Jan e Kara - nosso querido e amado casal...pensaram que eu esqueceria deles, é?! - essa está um bocado conturbada, principalmente considerando que Jan está preso na caixa, bem como as decisões que Kara toma no início deste livro, as quais terminam aproximando-a ainda mais de Ariel, e este aproveita a oportunidade, é claro, de tentar conquistá-la! Mas o maior problema, na verdade, termina sendo o próprio Jan que com seus ciúmes só faz afastar Kara cada vez mais dele! E eu só digo que MUITA coisa acontece nesse triângulo...preparem os corações!!

Como sempre, o final do livro me deixou louca pelo próximo!! Para variar, Kara faz uma besteira durante o livro - porque será que sempre quando eu acho que ela aprendeu alguma coisa ela toma uma atitude estúpida? Ahhh, já sei a resposta...foi por amor, mas nem por isso fiquei com menos raiva - que trouxe uma séria consequência ao final, a qual só saberemos o desenrolar no próximo e último livro: A Rainha dos Vampiros. #medodefine

Atualização: Segundo a Nazarethe, A Rainha dos Vampiros ainda sai esse ano!! Agora é só aguardar!! \o/

Trechos:
"Jan a envolveu nos braços, e Kara deixou-se amolecer junto ao seu corpo, mas nada falou. Não se deixaria vencer tão facilmente. Agarrou-se aos seus ombros e beijou-o longamente, tentando em vão saciar sua sede, sua fome."

"Ariel sussurrou junto aos lábios da vampira, que o olhava na penumbra com prevenção. A situação exigia muito cuidado. O rei estava sobre seu corpo, [...] e ele não parecia disposto a deixá-la sair do leito, não agora exatamente. Ele era mais forte e ela estava em desvantagem, mas permanecia decidida: não ia permitir que a possuísse de nenhum modo dessa vez".

3 comentários:

  1. É verdade, a Nazarethe adora uma reviravolta rsrsrs

    Amei a resenha :-) Ficou perfeita e super no clima do livro.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi trata-se a 2ª vez que encontrei o teu blog e adorei tanto!Espectacular Trabalho!
    Adeus

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho muita vontade de ler os livros da Nazarethe, mas estou esperando o lançamento do último livro da serie p/ ler todos de uma vez só =D

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber a sua opinião, por isso, fique a vontade para expressá-la! Mas se ela for ofensiva, não iremos aceitá-la! =D

Projeto Lendo a estante #1

Eu tenho o blog desde 2010, e desde então começou minha compulsão por comprar livros e mais livros e nunca acabar mais. Hoje me vejo com seg...